Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > SUS começa a distribuir camisinhas femininas
Início do conteúdo da página
Promoção da Saúde
  • não publicado
  • Publicado: Quarta, 02 de Maio de 2012, 13h35
  • Última atualização: 02/10/13 12h18

SUS começa a distribuir camisinhas femininas

Foto: Heide Benser/CorbisA partir da segunda quinzena de maio o Sistema Único de Saúde (SUS) vai distribuir o primeiro lote de preservativos femininos adquiridos pelo Ministério da Saúde. Serão 20 milhões de camisinhas distribuídas em cinco lotes, durante todo o ano de 2012. Foram gastos R$ 27,3 milhões de reais para aquisição das unidades.

A distribuição de preservativo feminino faz parte da estratégia brasileira para ampliar as opções de proteção das mulheres, elaborada pelo Ministério da Saúde junto com estados e municípios. Inicialmente a distribuição será feita para profissionais do sexo, mulheres em situações de violência doméstica e/ou sexual; soropositivas e parcerias de homens soropositivos; usuárias de drogas e parceiros; mulheres com DST; mulheres atendidas pelo sistema prisional; mulheres de baixa renda e usuárias do serviço de atenção à saúde da mulher que tenham dificuldade de negociar o uso do preservativo masculino. Todas as camisinhas femininas são feitos de borracha nitrílica – material antialérgico, macio e mais fino do que o látex usado na versão masculina.

Para Ellen Zita, assessora técnica do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, esta é uma forma de a mulher se proteger mais e melhor. “O Brasil adotou uma política de que, se vai fazer sexo faça protegido e a distribuição do preservativo feminino dá à mulher a possibilidade de que ela faça deste insumo uma proteção”.

Camisinha Feminina - O preservativo feminino chegou ao mercado brasileiro em 1997, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a comercialização do produto no pais. Desde então, o Ministério já adquiriu e distribuiu cerca de 16 milhões de preservativos para as 27 unidades da federação. A nova compra representa 25% a mais da compra total de toda a série histórica.

A camisinha feminina é uma espécie de bolsa com dois anéis flexíveis. Em uma ponta, fica o anel móvel que deve ser apertado e introduzido pelo canal vaginal até chegar ao colo do útero. O segundo anel, na extremidade oposta, é aberto e cobre a parte externa da vagina. O preservativo pode ser colocado até oito horas antes da relação sexual e não deve ser usado ao mesmo tempo que o masculino.

O preservativo feminino previne contra doenças transmitidas pelo sexo, hepatites virais e gravidez não desejada. Nesta página na internet estão disponíveis informações sobre o uso correto da camisinha feminina.


Fonte: Blog da Saúde

Adicionar Comentário
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    M. Helena, a distribuição de camisinhas femininas faz parte da estratégia da política brasileira de ampliar as opções de proteção das mulheres às epidemias de HIV e aids e outras DST.
    Prioritariamente, as camisinhas femininas serão distribuídas às populações definidas de acordo com critérios de vulnerabilidade:

    Mulheres atendidas pelo CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento)
    Mulheres atendidas pelo sistema prisional;
    Mulheres com DST (doenças sexualmente transmissíveis);
    Mulheres vivendo com HIV/aids;
    Profissionais do sexo feminino;
    Usuárias de drogas;
    Mulheres atendidas na Rede Básica da Saúde.
    Além de adquirir e distribuir os insumos, o Ministério da Saúde orienta Secretarias Estaduais e Municipais para que adotem medidas que facilitem o acesso à camisinha, que pode ser retirada em postos de saúde, hospitais e Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs). As recomendações são a de não exigir prescrição médica e documento de identidade nem presença em palestra ou em qualquer tipo de reunião para pegar camisinha nesses locais.
    Saiba mais: http://bit.ly/PBVCTL

    cerca de 6 anos atrás
  • Boa tarde,
    Meu parceiro reclama de usar camisinha masculina, diz apertar muito, então resolvi testar a camisinha feminina, mas estou tendo dificuldade de encontrar. Por que é tão difícil de achar e por que custa tão caro? Andei pesquisando o preço na internet e vi que o preço médio de cada é na faixa de R$ 7,00 cada.
    Grata

    cerca de 6 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Vanessa!
    Não precisa ficar segurando o anel durante a relação sexual. Para colocá-la corretamente é fácil: em uma ponta, fica o anel móvel que deve ser apertado e introduzido pelo canal vaginal até chegar ao colo do útero. O segundo anel, na extremidade oposta, é aberto e cobre a parte externa da vagina. Lembrando que o preservativo não deve ser usado ao mesmo tempo que o masculino.
    Caso tenha dúvidas procure um profissional de saúde.
    Continuamos à disposição. Melhorar sua vida, nosso compromisso.
    Att,
    Equipe Blog da Saúde

    cerca de 6 anos atrás
  • Olá, bom dia, tudo bem?
    Pela primeira vez, usei uma camisinha feminia.
    Coloquei ela certinha, mais durantes o coito parece que ela vai entrando dentro da vagina.
    Eu tenho que ficar segurando o anel da camisinha feminina para não entrar na vagina durante a relação sexual?

    cerca de 6 anos atrás
  • Nyara Gissá

    Denunciar Link Permanente

    Fiquei feliz com a informação.

    cerca de 6 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá Carolina,

    Ficamos contentes em saber que o conteúdo foi importante para você. Estamos sempre disponíveis para melhor esclarecer.

    Continuamos à disposição.

    Att.
    Equipe Blog da Saúde

    cerca de 7 anos atrás
  • CAROLINA MARIA MENTGES

    Denunciar Link Permanente

    AGORA EU ENTENDI COMO SE COLOCA A CAMISINHA FEMININA

    cerca de 7 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Lilian.

    Você pode encontrar preservativos gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) perto de sua residência.

    Continuamos à disposição.

    Att,

    Equipe Blog da Saúde

    cerca de 7 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá Marina,

    Os preservativos serão distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), em eventos e durante campanhas realizadas pelo Ministério da Saúde por todo o ano.

    Continuamos à disposição.

    Att.
    Equipe Blog da Saúde

    cerca de 7 anos atrás
  • Marina Maria

    Denunciar Link Permanente

    Boa a iniciativa de distribuição do preservativo feminino, mais que necessária! Mas senti falta de algumas informações, do tipo: onde será a distribuição dos preservativos em questão e de que forma será feita? Em unidades básicas de saúde? Qual é a estratégia de divulgação e disseminação para que mulheres possam saber desta distribuição e incorporar o uso do preservativo?

    Recomendo a leitura desta pesquisa acerca do preservativo feminino.

    Aguardo um retorno.

    Att,
    Marina

    cerca de 7 anos atrás
Fim do conteúdo da página