Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Promoção da Saúde > Ministério da Saúde certifica sala de apoio à amamentação da Eletrosul
Início do conteúdo da página
ALEITAMENTO MATERNO
  • publicado
  • Publicado: Sexta, 27 de Novembro de 2015, 18h09
  • Última atualização: 27/11/15 18h09

Ministério da Saúde certifica sala de apoio à amamentação da Eletrosul

 HPN6289Como parte das ações de assistência à mulher trabalhadora e de incentivo à amamentação, a Eletrosul inaugura na próxima segunda-feira (30), em sua sede administrativa, em Florianópolis, uma Sala de Apoio ao Aleitamento Materno. Trata-se de um espaço apropriadamente equipado para que as empregadas mães que estão amamentando possam coletar e armazenar o leite de forma adequada. A intenção é estimular o aleitamento até os dois anos de idade seguindo orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A iniciativa é pioneira entre empresas de Santa Catarina e mereceu a certificação do Ministério da Saúde.

A Sala de Apoio ao Aleitamento Materno foi uma iniciativa do Comitê de Gênero e Raça da Eletrosul e resultou na obtenção, pelo quinto ano consecutivo, do Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça concedido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres - órgão recentemente incorporado ao novo Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos. O funcionamento do espaço fica agora sob responsabilidade da Divisão de Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional, que dispõe de dois profissionais de enfermagem para dar apoio e orientação às mães no uso da sala.

 

O público que se beneficiará da sala, de imediato, são quatro empregadas em período de amamentação, que já retornaram ao trabalho. Em um segundo momento, outras seis empregadas, que estão em licença maternidade, e mais seis gestantes poderão se beneficiar do espaço. O local pode ser usado, também, para a amamentação no próprio local, tanto pelas empregadas como por visitantes.

Além de um espaço confortável e privativo para a coleta do leite, a Sala de Apoio ao Aleitamento Materno da Eletrosul dispõe de freezer com termômetro para monitoramento diário da temperatura, frascos para a coleta e o armazenamento do leite e outros equipamentos para esterilização dos materiais. A instalação atende aos critérios técnicos definidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na Portaria nº 193/2010.

O cadastro da sala de apoio à amamentação da Eletrosul junto ao Ministério da Saúde confirma a adesão da empresa ao projeto “Mulher Trabalhadora que Amamenta”. Essa ação prevê como diretrizes, além das salas de amamentação dentro do ambiente de trabalho, a adoção pelas empresas da licença-maternidade de seis meses, o que permite à mãe continuar amamentando seu filho, pelo menos, até o sexto mês, e a implantação de creches ou convênio com instituições próximas.

Fonte: Eletrosul

Foto: Hermínio Nunes/Divulgação Eletrosul

Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página