Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Projeto mostra para as crianças como é o trabalho do SAMU
Início do conteúdo da página
Serviços
  • não publicado
  • Publicado: Quarta, 22 de Agosto de 2012, 08h28
  • Última atualização: 27/09/13 14h06

Projeto mostra para as crianças como é o trabalho do SAMU

O SAMU, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, está presente em quase dois mil municípios de todos os estados do País. O SAMU atende hoje a 65 por cento da população brasileira, segundo dados do IBGE. Implantado em 2003 pelo Ministério da Saúde, o SAMU é um dos serviços disponíveis na Política Nacional de Atenção às Urgências do ministério.

O SAMU também se preocupa com a educação. O serviço possui um núcleo de educação permanente que leva o projeto Samuzinho às escolas das redes pública e privada. O objetivo é conscientizar as crianças da importância do SAMU e com isso reduzir o número de trotes passados ao telefone 192. As equipes do Samuzinho utilizam vídeos, desenhos e teatro para mostrar para as crianças como é o trabalho do SAMU.

A oficina termina com a visita dos pequenos à ambulância do SAMU. A enfermeira coordenadora do projeto Samuzinho no SAMU do Distrito Federal, Mônica Libardi, conta como é o trabalho feito pelos profissionais. ”Mostramos para o aluno qual a importância do atendimento pré-hospitalar, mostrando a diferença entre urgência e emergência. Com isso eles passam a saber quando solicitar ajuda do SAMU. Os alunos vão para a viatura e conhecem todos os equipamentos que eu tenho para salvar vida. Ele aprende a fazer uma massagem cardíaca, então ele passa a dar importância para aquele atendimento. Então, eu desmistifico aquela ideia erronia de que dentro da viatura tem sofrimento, tem dor, pelo contrário, eles passam a ver que ali dentro eu consigo salvar vidas, eu consigo aliviar sofrimento e aliviar dor.”

O coordenador de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, Paulo de Tarso, explica que o trabalho com as crianças ajuda na conscientização dos pais. Ele garante que o trabalho consegue diminuir consideravelmente o número de trotes feitos ao SAMU. ”A criança aprende com uma rapidez incrível e ela faz com que os pais, os vizinhos, nós adultos, comece a proceder de uma maneira correta. Então nos lugares onde o Samuzinho funciona, indo nas escolas, fazendo curso em todas as escolas, o número de trotes diminui porque a criança se conscientiza e conscientiza a família dela disso. Então, o número de trotes diminuiu e ela sabe como tem que proceder e ela avisa para o adulto: nesse caso não mexe e liga para o 192.”

Qualquer pessoa que presenciar um acidente ou vir alguém passando mal pode pedir socorro ao SAMU pelo telefone 192.

Ouça a matéria da Web Rádio Saúde 

Baixar arquivo mp3

 

Fonte: Amanda Mendes / Web Rádio Saúde

Registrado em:
Adicionar Comentário

Comentários

  • Nenhum comentário encontrado
Fim do conteúdo da página