Essa página depende do carramento de javascript. Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Serviços > Entenda como funciona o Provab
Início do conteúdo da página
Serviços
  • não publicado
  • Publicado: Quinta, 14 de Fevereiro de 2013, 08h32
  • Última atualização: 20/09/13 15h06

Entenda como funciona o Provab

Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) foi criado em setembro de 2011, pelo Ministério da Saúde, e estabelecido pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), por meio de com o objetivo de disponibilizar profissionais de saúde para as localidades do país de maior vulnerabilidade, como áreas de extrema pobreza e periferias das regiões metropolitanas, populações ribeirinhas, quilombolas e indígenas. A experiência adquirida pelo profissional é relevante para capacitação e aperfeiçoamento dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) e favorece a universalização do acesso aos serviços de saúde.

Pelo Provab, o Ministério da Saúde contrata um médico, por pelo menos um ano, e oferece a ele uma bolsa de R$ 8 mil reais, pelo cumprimento de 32 horas semanais de atividades práticas nas unidades básicas e de 8 horas de atividades acadêmicas semipresenciais. Além disso, o Ministério também disponibiliza um curso de especialização em Atenção Básica, oferecido pela Universidade Aberta do SUS (UnA-SUS).

Avaliação - A cada trimestre, os médicos do programa serão avaliados pelos gestores municipais e instituições formadoras. Neste processo são considerados aspectos relativos à capacidade de trabalho em equipe, ao processo de trabalho em si, à humanização no atendimento, à vigilância, além de autoavaliação e análise de material produzido no webportfólio. Os participantes que obtiverem nota acima de 7,0 são considerados com “conceito satisfatório” e receberão pontuação adicional de 10% em provas para ingresso em programas de residência.

Dos 357 médicos que participaram da primeira etapa do Provab, em 2011, 350 receberam conceito satisfatório em dezembro de 2012 e sete médicos tiveram conceito insatisfatório. Ou seja, a bonificação na nota dada aos médicos que prestam a prova de residência médica não tem origem na simples participação no Programa, mas sim pelo mérito alcançado a partir da obtenção de conceito satisfatório, de acordo com o processo de avaliação. A não utilização da pontuação dos que participaram do Provab prejudica o esforço do governo federal de valorizar a atenção básica e o papel da atenção básica como elemento de formação do profissional.

Supervisão dos Médicos – Atualmente existem 91 supervisores, vinculados a 35 Instituições de Ensinos – representadas por Universidades, Hospitais de Ensino e Programas de Residência de Medicina de Família e Comunidade- que participam do Provab. Eles ficam disponíveis aos médicos para debater dúvidas e temas acadêmicos, por meio de ferramentas como o Programa Telessaúde Brasil Redes, possibilitando um acompanhamento sequenciado do profissional.

Provab 2013 – As inscrições de médicos para o Provab encerraram dia 5 de fevereiro. A partir de agora os profissionais deverão escolher o local onde desejam atuar, no âmbito dos municípios que participarem do programa. O profissional poderá selecionar uma opção em cada um dos seis perfis estabelecidos pelo Ministério da Saúde como áreas prioritárias – capital ou região metropolitana; população maior que 100 mil habitantes; intermediário; população rural e pobreza intermediária; população rural e pobreza elevada; e populações quilombola; indígena e dos assentamentos rurais.

O número de vagas em cada localidade dependerá da demanda informada pela respectiva secretaria de saúde. Já a distribuição dos médicos obedecerá a critérios de preferência nos casos em que o número de profissionais interessados for maior do que a oferta de vagas. Terão prioridade na alocação, os médicos que se graduaram, obtiveram certificado de conclusão de curso ou revalidaram diploma em instituição de ensino localizada na unidade da federação a qual pertence o município, bem como os nascidos no estado. O segundo critério consiste na data e horário da adesão, e o terceiro, na idade do profissional, tendo preferência a maior.

Após o processo de alocação, o profissional deverá se apresentar no município em que irá atuar. Estão aptos a participar do programa os médicos que não tenham vínculo empregatício com a Atenção Básica e não constem noCadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) na condição de profissional com vínculo ativo em Unidade Básica de Saúde. O início das atividades dos médicos nos municípios está prevista para o dia 1º de março.

Os médicos participantes terão acesso também ao Portal Saúde Baseada em Evidências, plataforma que disponibiliza gratuitamente um banco de dados composto por documentos científicos, publicações sistematicamente revisadas e outras ferramentas (como calculadoras médicas e de análise estatística) que auxiliam a tomada de decisão no diagnóstico, tratamento e gestão.

  • Assista ao vídeo sobre o Provab

 

 Blog da Saúde

 

Registrado em:
Adicionar Comentário
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Leandro.

    Ainda neste mês de julho será aberta nova chamada do Provab para enfermeiros e dentistas. Tão logo haja mais informações sobre o assunto, você saberá por meio da nossas redes sociais. Dê uma olhadinha neste link: http://bit.ly/19tP4SD

    Agradecemos o contato e continuamos à disposição.

    cerca de 7 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Luciana, os médicos que atuam em regiões carentes por meio do Provab recebem apenas a bolsa federal de 8 mil reais, como previsto em edital. Agradecemos sua participação e continuamos à disposição.

    cerca de 7 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Fernanda, acompanhe nossas redes e ainda neste mês de julho daremos mais informações sobre o Edital do Provab. Saiba mais: http://bit.ly/14VKoQU

    cerca de 7 anos atrás
  • Luciana Souza

    Denunciar Link Permanente

    Sou médica do PROVAB na área rural e gostaria de saber se todo município recebe incentivo à alimentação para repassar aos médicos ou se é preciso fazer um requerimento.
    Na minha equipe os demais profissionais recebem da prefeitura uma diária de 12 reais por pessoa como auxílio à alimentação mais 10% do salário para trabalharem na área rural. Todos os dias eu saio às 7:30 e só retorno às 16:30, temos que levar lanche e pagar 15 reais pela marmita para almoçarmos (e mal). Gostaria de saber como faço para receber o auxílio à alimentação.

    cerca de 7 anos atrás
  • Fernanda Bittencourt

    Denunciar Link Permanente

    Boa Tarde.

    Sou Enfermeira. Três anos de formação, porém não estou trabalhando. Gostaria de obter informações a respeito da inscrição. Como faço para me cadastrar?

    cerca de 7 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Luciana.

    Por gentileza, pedimos para que entre diretamente em contato com a Secretaria de Saúde do município em que atuou, pois os gestores locais são responsáveis pelos profissionais do Provab. Você também pode mandar as suas dúvidas para o endereço eletrônico provabs@saude.gov.br.

    Agradecemos o contato e continuamos à disposição.

    cerca de 7 anos atrás
  • Leandro Perussolo

    Denunciar Link Permanente

    Olá, eu sou cirurgião-dentista, e gostaria de saber se existe algum programa parecido envolvendo a minha profissão, ou se, no futuro, existirá vagas para nós no provab. Desde já obrigado!

    cerca de 7 anos atrás
  • Luciana santos Faagundes

    Denunciar Link Permanente

    Olá! Sou participante do Provab 1 e o mesmo encontra-se perto do encerramento e ainda não temos uma posição de como este se dará. São várias as dúvidas, como: quem emitirá um certificado? Haverá prorrogação, haja visto que vários profisionais dentistas e enfermeiros ficarão desempregados com o fim do programa? Os e-mails enviados para a coordenação estão voltando, pois a caixa de entrada está cheia e nos n° de telefones disponibilizados ningém atende. Gostaríamos de respostas urgentes para amenizarmos nossas ansiedades, se possível até um pronunciamento do Ministro da Saúde Alexandre Padilha como houve no início do programa... Por favor, precisamos de respostas urgentes!
    obrigada, Luciana

    cerca de 7 anos atrás
  • Blog da Saúde

    Denunciar Link Permanente

    Olá, Wellington.

    O prazo para os municípios interessados em receber trabalhadores estudantes do Provab já foi encerrado. Tão logo haja novas inscrições você saberá em nossas redes sociais. ;)

    Agradecemos o contato e continuamos à disposição.

    cerca de 7 anos atrás
  • Gostaria de saber como e quando posso inscrever o meu município no PROVAB?

    cerca de 7 anos atrás
Carregar Mais
Fim do conteúdo da página